MenuBarLayout

4 dicas de SEO para especialistas de marketing do Dynamics 365


Sabia que, de acordo com a Forrester, 93% das experiências online começam com um mecanismo de pesquisa? É por isso que a search engine optimization (SEO - otimização do mecanismo de pesquisa) é tão importante para as marcas. Sendo a única solução de marketing automation e email marketing nativamente incorporada no Microsoft Dynamics 365, a ClickDimensions está comprometida em ajudar os utilizadores do Dynamics 365 e CRM a se tornarem melhores profissionais de marketing, e é por isso que apresentamos estas quatro dicas para ter em consideração quando otimizar o seu website:

1. O consumidor em primeiro lugar. Coloque sempre o consumidor em primeiro lugar. Não irá apenas gerar mais leads, como irá responder ao seu público-alvo, e também irá ter uma classificação mais alta nos mecanismos de pesquisa. A atualização mais recente do Google, apelidada de "Fred", focou-se na remoção de conteúdo de baixo valor dos principais resultados de pesquisa. Este conteúdo foi feito especificamente para gerar receita e não agregou valor ao pesquisador – ou seja, não colocou o público do Google em primeiro lugar. Siga as Webmaster Guidelines do Google para descobrir que tipo de conteúdo é melhor para websites e o que evitar, como palavras-chave irrelevantes e ocultar texto ou links nas suas páginas.

2. Mapeie as palavras-chave do percurso do seu cliente. Sabe quais são as perguntas que os seus clientes fazem antes de efetuar uma compra? As suas palavras-chave correspondem às necessidades do seu público-alvo? Reavalie as suas marketing personas e pense quais são as perguntas que estão a ser feitas em todas as partes da jornada de compra. O que pesquisam quando iniciam a sua procura? Que pergunta é feita quando procuram uma solução? E, finalmente, o que procuram quando se decidem por uma solução? Por exemplo, as pesquisas podem começar por "casacos masculinos", mas acabam por levar ao "casaco vermelho de inverno Columbia masculino tamanho L". Use o recurso de preenchimento automático do Google (conhecido como Google Suggest) para ver que tipo de palavras-chave e frases estão a ser usadas para a palavra-chave principal. A partir daí, pode começar a extrapolar as perguntas que os seus clientes possam estar a perguntar antes de escolher o seu produto ou serviço.

3. Seja social. Tal como o marketing de conteúdo, é importante produzir valor para o seu público-alvo através das redes sociais. O número de seguidores nas redes sociais não tem peso no ranking ou no SEO, cada post é tratado como uma nova página para a sua marca. Cada Tweet ou post no Facebook é visto como um novo link no perfil do seu SEO. A quantidade de posts sociais não é o suficiente para mover a agulha. O Google está interessado na autoridade social e nas marcas que têm acessos constantes no dia a dia.

4. Volte ao básico. O Google ajusta frequentemente o seu algoritmo para incorporar novas informações e enfatiza diferentes aspetos do seu perfil de SEO, o que significa que, às vezes, o que funciona hoje pode não funcionar amanhã. No entanto, existem noções básicas de SEO que todas as empresas devem seguir, tais como:

- Inclua a palavra-chave no seu título, H1 (Heading Tags) e no texto das páginas do seu website
- Inclua palavras-chave semelhantes na sua cópia (são as chamadas LSI keywords)
- Inclua texto ALT em todas as imagens
- Inclua links tanto internos como externos na página
- Crie links para a sua página / conteúdo de websites externos

A lista poderia continuar indefinidamente, mas o importante é entender que, mesmo se fizer tudo o que está nesta checklist, ainda poderá demorar algum tempo ou ter mais trabalho antes de se conseguir classificar para uma palavra-chave específica. Não existe uma fórmula mágica para o número de links que precisa ou para quanta otimização terá de ocorrer na página antes que o ranking da página melhore. Concentre-se em ouvir as necessidades do seu público e em escrever conteúdo com base no que responderá às suas perguntas em todas as etapas do ciclo de compra.

Fonte: ClickDimensions