Como a solução de ERP, Dynamics 365 Fashion responde a desafios chave?

​A indústria da moda está a passar por mudanças em larga escala como resultado direto da ascensão da internet e o seu impacto no comportamento do consumidor. Os ciclos de vida dos produtos passaram a ser mais curtos e este é um dos fatores que leva retalhistas têxteis a adoptar o modelo de negócio "fast fashion" onde coleções únicas são rapidamente criadas como resposta à rápida evolução das tendências e preferências dos consumidores. Como resultado, há diversos desafios que enfrentam durante o planeamento da coleção e operações sazonais.

Ter uma solução moderna de ERP que permite uma ampla visibilidade das operações e uma visão holística dos ciclos de vida dos produtos é crucial. A myPartner inclui no seu portfolio a solução de gestão (ERP) Microsoft Dynamics 365, especializada para todas as fileiras do setor da Moda. A solução de gestão (ERP) Microsoft Dynamics 365 Fashion responde às necessidades das empresas de Moda, qualquer que seja o seu papel na cadeia de fornecimentos, indústria, distribuição ou retalho.

Desafios no planeamento da coleção:

Já não se faz uma abordagem sazonal
Já não se faz uma abordagem sazonal - prazos de entrega mais curtos permitem aos retalhistas planear a sazonalidade até dez estações em vez de duas. Tradicionalmente o retalho e as marcas planeavam as suas coleções com um ano de antecedência - hoje em dia já existem várias coleções que necessitam ser planeadas dentro de uma mesma estação.

Nesta era das redes sociais, onde os influenciadores de moda no Instagram têm mais poder que grandes marcas e inspiram os consumidores de modo instantâneo, o consumo muda rapidamente. É criada uma alta expectativa no consumidor que por sua vez exige uma resposta rápida. Dependendo das peças, há que considerar tecidos especiais que têm lead times próprios. Isto significa que não se trata apenas de produzir um item ou de o comprar, mas também de comprar e selecionar o tecido no momento certo. A complexidade está também presente nas empresas que trabalham com múltiplas coleções ao mesmo tempo. Os retalhistas têxteis precisam de gerir tudo desde a produção, ao próprio planeamento ou reduções de preços.

Ter o controle de diferentes etapas em simultâneo no processo da moda é, portanto, essencial para se ser bem sucedido. O problema é que os sistemas standard de ERP foram desenvolvidos para uma gestão de planeamento sazonal ao ano e, não estão adaptados para trabalhar com diferentes períodos de coleções. Um software de gestão especializado no setor da moda deve acompanhar todas as diferentes etapas do ciclo de vida do produto - desde o projeto inicial de planeamento e design até à entrega em loja. A solução permite que os profissionais do Setor da moda tenham um maior conhecimento sobre diferentes variantes (por exemplo, tamanhos e cores) estilos e coleções.

A falta de suporte Omnicanal
 Distribuidores e donos de marcas de moda precisam de rentabilizar as suas operações tendo em conta a rápida mudança das preferências dos consumidores. As marcas tradicionais lutam para combinar a sua singularidade com um período mais curto de colocação de produtos no mercado.

Ao mesmo tempo, os consumidores exigem um fornecedor omnicanal - pretendem comprar o que quiserem, quando quiserem - e devolver o produto onde quiserem em qualquer momento. Processos omnicanal têm de ser organizados de modo a proporcionar aos consumidores um processo satisfatório.

As empresas lutam com o conceito omnicanal porque é mais comum existirem sistemas isolados, que são desenhados para diferentes partes do processo de planeamento da coleção. O Dynamics 365 Fashion ajuda os profissionais de moda a gerirem inventário e preços em todos os processos de modo a otimizar a receita.

Para se ser economicamente rentável é importante ter um sistema de ERP que cubra todo o processo e providencie uma visão clara do que ocupa mais tempo - por exemplo o conhecimento sobre as oscilações de preços durante toda a coleção o que permite determinar se é o preço correto para um produto específico. Quando combinado com uma margem de planeamento de controlo é uma boa solução para se ter a garantia que se está a gerar receita.