Como ganhar tempo com o Power BI

Todos os dias nos deparamos com situações em que pensamos "se eu tivesse mais tempo...". O tempo parece uma medida ingerível, que não se controla. E assim é, o tempo não se gere e não se controla. Apenas podemos gerir as tarefas dentro de um período de tempo limitado.

Para conseguirmos gerir melhor e terminar as tarefas diárias, precisamos de adotar as ferramentas corretas para atingir, com sucesso, os resultados que pretendemos. No TOP da "perda de tempo" estão tarefas de rotina que executamos, repetidamente, sem nunca "investirmos tempo" em encontrar uma forma mais eficiente de as concretizar.

A construção de KPI's e mapas para análise de negócio são um exemplo de execução de tarefas de rotina e onde podemos facilmente ganhar tempo. O cenário mais comum é o seguinte:

  1. Copiar​ dados do ERP ou outra origem de dados;
  2. Colar num programa de Folhas de Cálculo;
  3. Criar ligações entre as várias folhas (VLOOKUP é o nosso melhor amigo ou inimigo);
  4. Criar Tabelas Dinâmicas (Pivots) para agregação de medidas;
  5. Formatar visualmente;
  6. Finalmente analisar a informação.
​​
Quando corre tudo bem, repetimos o ciclo.

Agora, imaginemos que não estamos num conto de fadas e o típico acontece:
  • É preciso uma nova categoria;
  • A informação tem de ter um universo mais alargado;
  • Precisamos de comparativos históricos;
  • O ficheiro ficou muito grande para enviar por email (ou está dependente de outros ficheiros);
  • O destinatário precisa de ter mais controlo de análise e não quer ver apenas dados estáticos;
  • O mapa construído deve respeitar a imagem institucional;
  • É necessário partilhar a informação com várias pessoas.

Perde-se muito tempo a construir a informação e a reajustá-la. Escassa tempo para o mais importante, que é analisar a informação.

 
Com ferramentas como o Power BI é possível ser mais rápido e mais eficiente. A Gartner posicionou a Microsoft como líder em BI e plataformas analíticas durante 10 anos consecutivos e encontra-se atualmente designada como a entidade mais visionária no segmento. Com esta plataforma a Microsoft desagregou-se das formas convencionais de fazer BI, conseguindo inovar e dar aos consumidores destas plataformas a capacidade de serem autónomos.

 
O acesso a diferentes fontes de dados está garantido permitindo transformar e tratar os dados conforme as necessidades. Novas categorias e grupos podem ser criados diretamente na aplicação. Interligar fontes de dados diferentes, criar cálculos complexos e construir análises visualmente apelativas e interativas são pontos fortes da ferramenta. Pode aceder a modelos previamente criados e estende-los de acordo com as necessidades, constantemente mutáveis, do negócio.​

Estão ainda asseguradas:
  • ​Criação de cálculos complexos;
  • Atualização da informação com novos dados sem qualquer esforço;
  • Partilha por toda a organização com total controlo de acessos;
  • Acesso à informação anytime, anywhere e multi-device.

Para cenários mais exigentes podemos contar com a capacidade para:
  • Utilizar componentes de inteligência artificial em processos de previsão;
  • Interagir com a plataforma utilizando linguagem natural (ao estilo de motor de pesquisa);
  • Rececionar alertas quando um valor ultrapassa limites estipulados.

 
Ferramentas visualmente apelativas, fáceis de trabalhar, extensíveis e com um leque crescente de funcionalidades tornam o trabalho de quem as utiliza muito mais produtivo permitindo que os resultados tenham melhor qualidade, sejam mais fidedignos e permitam tirar conclusões corretas e necessárias para o crescimento do negócio.
E claro, ganhar tempo!!! Muito tempo!!!!

 
Clique na imagem para ver o Power BI em ação:


 ​​​

 
Aceda ao componente Power BI Desktop e comece já a construir as suas análises​ ou contate-nos aqui